Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017

O TRIUNFO DA HUMILDADE

Publicado em Notícias Salette
Lido 2617 vezes
Avalie este item
(0 votos)

“Bendito o que vem em nome do Senhor”
(Mt 21.1-11)

Slide1Ouvindo o povo que Jesus entrava, foi encontrá-lo enquanto descia do Monte das Oliveiras em direção a Jerusalém. Jesus era saudado com voz de crianças que acenavam com ramos e palmas e acolhido por gente simples do povo que oferecia reverente, suas túnicas como tapete afetivo.

 

O jumento emprestado

Imperadores, reis e generais costumavam fazer entradas triunfais nas cidades por onde passavam. Cavalaria, músicos, arautos e tapetes vermelhos os saudavam. Jesus, porém, em sua última viagem – que tem como destino a humilhação, a condenação – é homenageado de forma inusitada, ao entrar,triunfalmente, montado em um jumentinho emprestado.
Essa gente pobre estende pelo chão suas túnicas rotas para que o Filho de Davi tenha o conforto modesto oferecido por quem não tem tudo o que o Rei merece mais oferece tudo o que tem junto com uma prece. “Hosana ao Filho de Davi”. Tal expressão na boca do povo pobre soa como um clamor e um louvor.
Clamor para que o rei da Glória atente para a humilhação dos seus súditos. E o louvor da boca das crianças que nada têm além de sua própria voz par homenagear aquEle que vem em nome do Senhor.

O Profeta da Galiléia

Slide2“Quem é esse?” Tem muita gente que ainda não entendeu. Esse galileu não pode ser o Messias. Não é da nobreza, não é um guerreiro, não tem sequer um cavalo de raça, não passa de mero artesão, operário iletrado. Amigo de obres pescadores, de mulheres de má fama, de enfermos e deficientes.

Esse é o profeta Jesus, de Nazaré da Galileia. Mas há aqueles e aquelas que têm olhos para ver: Dês entre os pobres O Rei entre as crianças. O Messias entre os enfermos O profeta entre os sem-honra.

Conclusão

E a quanto a nós? Que o Messias esperamos ver? Estaremos preparados para o triunfo da humildade?

Talvez só tenhamos uma túnica pobre e empoeirada para honrar o rei da glória. Ele não precisa mais do que isso para se sentir confortável.
Talvez só tenhamos nossas vozes para clamar: “Hosana”.
Ele não precisa mais do que isso para ser louvado e proclamado como Filho de Deus.

Slide4Oremos:
DOMINGO DE RAMOS 

Senhor, tu subiste a Jerusalém, mas antes desceste até Betânia.
Ali ouviste o clamor dos miseráveis e dos enfermos.

Senhor, tu subiste a Jerusalém, mas antes passaste por Betfagé.
Ali ouviste o clamor dos famintos.

Senhor, tu subiste a Jerusalém, e foste recebido pelas crianças.
Ali ouviste o clamor o louvor dos meninos de peito.
Ali aceitaste a aclamação das meninas de colo.

Senhor, perdoa-nos
Se trocamos a tua graça pelo lucro
A tua bênção por dinheiro
A tua paz pela violência
O teu amor pelo ódio
O teu perdão pela vingança.

Ao iniciar a Semana Santa,
Pedimos-te, Senhor,
Converte nosso coração de pedra em coração generoso.
Transforma nosso olhar de desconfiança em olhar de esperança.
Muda nossa vida solitária em vida solidária.
Amém!

(Texto de Luiz Carlos Ramos, Universidade Metodista de SP)

Última modificação em Sexta, 07 Abril 2017 12:25

Mais Lidas

Advento: Significado e origem

04 Dez 2017 Notícias Salette

O tempo do Advento

04 Dez 2017 Notícias Salette

A lição da humildade: Maria e José

05 Dez 2017 Notícias Salette

Mensagem de Natal - Portal Salette

18 Dez 2017 Notícias Salette