Sexta-Feira, 23 de Junho de 2017

História do carmo

Publicado em SÃO PAULO
Lido 1122 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

O terreno onde fica a Igreja foi doado, em 1964 pelo Sr. Manoel Vieira Neto e sua esposa, nesta época  as estradas eram de terra, grandes plantações de chuchu, fabrica de tijolos ao redor, o rio era limpo onde as mulheres lavavam roupas. Nesta época a Irmã Marta ajudava as pessoas mais carente e as crianças  aqui do bairro, onde fundou o multirão dos pobres que existe até hoje, foi com o conhecimento dela que consegui a doação deste terreno para  a construção da pequena capela de madeira, e foi feito também algumas salas de aula, também de madeira para ensino primário para as crianças, foi onde começou o colégio Cássio.

Neste terreno construiu um a capela de madeira, onde as pessoas se reunião para rezar o terço e apenas uma missa aos domingos, quando vinha o padre da Igreja Santa Terezinha  , do Jaçanã. Varias visitas  foram feitas até o Bispo D. Paulo Evaristo, para que  ajudasse a construir  a capela e se tornar uma paróquia, Dona Jandira  e muitos outros moradores tiveram a participação nesta  árdua luta, e sempre tendo como resposta que não tinha padre para assumir, até que  um padre novo de cabelos longos Saletino  recém chegado, Pe. Olívio, disse que gostaria de assumir  está igreja, e assim foi  começou a construir  e fazer  melhorias  nesta paróquia, foram responsáveis pela construção Pe.Olivio, Ir.Marta, o conselho adminstrativo, Dr, João Albuquerque e em maio de 1972 foi inaugurada Igraj Nossa Senhora do Carmo.

O nome da Igreja foi dado pois em 1950 já existia uma pequena capelinha de madeira e no meio do mato. Lá havia um pequena imagem de Nossa Senhora do Carmo  colocada por famílias portuguesas que que moravam, e assim  depois de algum tempo D. Paulo Evaristo deu uma nova imagem que temos até hoje. Muitos padres passaram por aqui  e todos da Congregação dos Missionários Saletinos.

Aqui desde de aquele tempo, existe pessoas que  trabalham para que a paróquia cresça , e não medem esforços para que isso aconteça, desde de o começo a Pastoral da catequese esteve presente , agora são muitas que fazem a paróquia caminhar.

Vários Padres passaram e deixaram suas marcas aqui em nossa paróquia, Pe. Olivio, PE. Raimundo, Pe.Izidro. Pe Claudino, Pe. Zemir, Pe. Arcângelo, Pe. Antonio, Pe. Ildefonso, Pe. Atico, PE. Marcos, Pe. Manoel, Pe. Edgard, Pe.Nilton Gasparetto, a atualmente Pe. João Holek, MS e o vigário Pe. Renildo Brito, MS. Contamos também com a ajuda das Irmãs da Divina Vontade, que residem no Bairro Filhos da Terra, na pessoa de Irmã Ivani, saudosa, que  lutou muito pelos pobres e doentes, principalmente da Casa da Paz  no Mandaqui, pessoas portadoras do Virius  HIV, hoje temos a Irmã Idalina e Ir, Marlene, que nos ajudam nas pastorais.

Hoje nossa paróquia conta com o grande evento da Festa de Nossa Senhora do Carmo que se comemora todo dia 16 de julho, onde  nove dias antes fazemos a novena, onde devotos  lotam esta Igreja, agradecendo e pedindo graças, é um  momento forte,  na Semana Santa a procissão da sexta-feira santa arrasta mais de 3000 pessoas pelas ruas do bairro, rezando e cantado, com suas velas  e fazendo a sua via-sacra, outro momento e  a procissão de Corpus Cristis.

Última modificação em Quarta, 08 Julho 2015 17:22

Mais Lidas

O Tempo Comum

05 Jun 2017 Notícias Salette