Sábado, 29 de Abril de 2017

CORPUS CHRIST! Homilia na Missa Festiva 2015

Lido 438 vezes
Avalie este item
(0 votos)

A breve narrativa da Ceia Pascal, em Marcos 14, 12s., descreve o maior milagre realizado por Jesus, segundo Santo Tomás de Aquino. Por entre preces e cânticos, Jesus celebra a Páscoa conforme o ritual da fé judaica, para engrandecer as maravilhas realizadas por Deus na história de seu Povo: - a libertação do Egito, a Aliança no Sinai, a revelação de sua Palavra. Jesus, ao fazer a mernória solene do passado, contempla ao mesmo tempo as maravilhas que oPal realiza por meio do próprio Jesus para o bem de seu povo: - o Reino do Pai é anunciado, os famintos são saciados, os doentes são curados, os pecadores são perdoados, os angustiados são socorridos, os mortos ressuscitam. Obediente ao Pai, Jesus, ao longo da vida, se doou inteiramente, sobretudo, aos mais sofridos, dando-lhes a esperança de uma vida nova, fazendo-se de Si mesmo alimento vital para saciar a fome existencial dos pobres de Deus. Era a sua missão. Jesus, na Ceia terminal, contemplando a obra realizada sob a ação do Santo Espírito, celebra, louva e agradece ao Pai, como era de sua mais profunda espiritualidade.
Na Ceia Pascal Jesus também tinha diante de Si os Doze escoihidos por Ele, pobres, inconstantes, incapazes de perceber a grandeza da pessoa e da missão do Mestre. Às vésperas da morte na Cruz, não quis abandoná-los à própria fragilidade. Desejava ardentemente celebrar corn eles a Nova e Eterna Alianca para permanecer para sempre entre os seus. Em sua divina criatividade, durante a Ceia inventou o gesto inaudito de se entregar a si mesmo, como Crucificado-Ressuscitado, no Sacramento do Pão e do Vinho para a vida do mundo. Vencido pelo amor se doa como Pão da Vida, divino sinai da Aliança selada em seu Sangue derramado. Mistério da Fé, clamamos nós estupefatos! 
O Senhor Ressuscitado, por esse gesto de amor supremo, permanece entre nós, caminha conosco, acalenta o nosso coração com sua Palavra e, para surpresa nossa, a nós se entrega na Fração do Pão da Vida. Não nos sintamos, pois, abandonados como os Discípulos de Emaús, fugindo de Jerusalém, decepcionados corn a morte do Mestre. 
Quando, entäo, participamos da Ceia Eucarística, ao recebermos o Pão consagrado que nos é dado, acolhamos com alegria e gratidão o Cristo que vem até nós. Tendo entre as mãos esse pobre, mas, divino pedaço de Pão, contemplemos o celeste mistério que nos é entregue pelo Celebrante e perguntemos com simplicidade a Jesus:
- Quem sou eu para Ti, Senhor, eu, que sou pecador, frágil e indigno de Te acolher em minha casa? Quem sou aos teus othos, Senhor? Dize-me uma só palavra, 5enhor!...
- Quem és Tu, Senhor, para Te preocupares comigo, para vires até mim, fazendo-Te presente num pedaço de Pão, a mim que muito esqueço de Ti? Quem és Tu, Senhor?
No siiêncio do coração ouviremos, então, o sussurro do Senhor Jesus a nos dizer: 
- Eu sou o Pão da Vida que gera vida nova em teu existir.
- Eu sou o Pão do Amor que sacia tua fome de amor.
- Eu sou o Pão da Misericórdia que te fortalece em tuas misérias.
- Eu sou o Pão do Perdão que pacifica tua ânsia de reconciliação.
- Eu sou o Pão da Paz que supera as angüstias de teu coração.
- Eu sou o Pão da Justiça que te liberta da opressão de todo o mal.
- Eu sou o Pão da Esperança que nutre tua peregrinação em busca do Reino do Pal.
Acolhendo essa Palavra de Jesus e seu Pão da Ressurreição partilhado conosco, descobriremos felizes, como os Discípuios de Emaús, quem é o Senhor que vem até nós. Como eles, sentiremos arder nosso coração. Como eles,voltaremos para junto de nossos irmãos de fé, para celebrar a presenca do Ressuscitado, para viver a comunhão de vida na Igreja do Senhor, e jubiiosos, anunciar a todos que o Senhor Jesus vive entre nós para sempre. Que sua alegria pascal esteja conosco, e seja plena. Amém.

Pe. Atico Fassini MS
Santuário da Salette, São Paulo, 4 dejunho de 2015.

Última modificação em Sexta, 03 Julho 2015 15:12

Mais Lidas

Aborto: nova nota de condenação da CNBB

Aborto: nova nota de condenação da CNBB

12 Abr 2017 Notícias Salette

A Virgem Maria no Tempo da Páscoa

A Virgem Maria no Tempo da Páscoa

17 Abr 2017 Notícias Salette

Regina Coeli - Domingo da Misericórdia

Regina Coeli - Domingo da Misericórdia

23 Abr 2017 Notícias Salette

Maio de Maria, mãe e mestra, de mil nomes

Maio de Maria, mãe e mestra, de mil nomes

28 Abr 2017 Notícias Salette