Quinta-Feira, 25 de Maio de 2017

Propedêutico - BA

Publicado em Notícias arquivadas
Lido 3257 vezes
Avalie este item
(0 votos)


A Formação Saletina na Bahia

 

Nossa História

Convido-te a adentrar na história e, conhecer melhor a caminhada do Propedêutico na cidade de Salvador, Estado da Bahia. Os primeiros Padres baianos saletinos, – Pe. Edgard Silva e Pe. Josival Lemos – não tiveram sua formação na Bahia, pois, ainda não tinha Casa de Formação com sede nesse Estado. Tiveram sua formação no Sul do Brasil.

A partir de 1978, depois de um longo período sem vocações, os Missionários Saletinos iniciaram um novo processo formativo na Província, adotando o estilo da Comunidade Formadora. Nesse florescer vocacional, os jovens que ingressavam em nossas casas ingressavam direto para a Filosofia.

Em 1988, surge a primeira Casa de Formação na Bahia, em Salvador, específica para os vocacionados saletinos baianos que foram surgindo. Essa primeira casa era alugada, situada no Bairro de Binóculos, abrigava quatro estudantes e o Pe. Josival Lemos como Formador.

A segunda Casa de Formação era de propriedade da Província e se situava no Bairro da Federação, onde funcionou por alguns anos. Depois mudou-se para o Bairro do Canela (hoje é a Casa de Formação da Filosofia).

Como o número de vocacionados foi crescendo, foi aberta uma segunda Casa de Formação, situada no Bairro de Saramandaia, pois, com o passar do tempo, começou-se a perceber a necessidade de conhecer melhor o candidato e oferecer um ano de reforço escolar, isso em vista às deficiências intelectuais e humanas.  Adotou-se então o ano do Propedêutico em 1991, nessa casa de Saramandaia, como passo obrigatório no processo formativo. Nessa foram acolhidos os iniciantes, para o ano do Propedêutico.

Era ainda Pe. Josival Lemos o responsável pelas duas Casas de Formação, seguido de Pe. Manuel Bonfim, como segundo formador na Bahia. Essa etapa passou a ser de tanta importância que foi incluída oficialmente no Programa Provincial de Formação, traçando claramente as metas e os objetivos desse período.

DSC09845Com o passar do tempo, a Filosofia foi transferida da Bahia para Belo Horizonte, Curitiba e São Paulo. A Casa de Formação na Bahia, que nessa época só era uma (foi vendida a casa de Saramandaia) passou a ter apenas a etapa do Propedêutico. Aconteceu, muitas vezes, de ter um candidato ou outro na etapa da Filosofia, morando na mesma casa com os propedeutas.

Em julho de 2006, tínhamos na Bahia apenas uma Casa de Formação, com um grupo de propedeutas (e um na Filosofia). A comunidade Religiosa na Bahia, levou ao Conselho Provincial a proposta de voltarmos a ter a etapa da Filosofia na Bahia. Foi aprovada e, em 2007, voltamos a ter a etapa da Filosofia e do Propedêutico, morando na mesma casa, no Bairro do Canela.

Em 2008, a Filosofia foi para o Bairro de Pernambués na Comunidade Nossa Senhora da Salette, separando, assim, o Propedêutico da Filosofia que  passou a ser acompanhada pelo Padre Francisco. Padre Edegard Silva permaneceu no Bairro do Canela com a turma do Propedêutico.

Em 2009, o Propedêutico foi para uma casa alugada na Estrada Velha do Aeroporto e a Filosofia voltou para o Bairro do Canela. Até que, em 2010, se adquiriu uma casa própria no Bairro de Itapuã para a etapa do Propedêutico.

Padre Edegard Silva, continuou com o Propedêutico até janeiro de 2011, quando passou a ser assumido pelo Irmão Renildo Brito. Essa mesma etapa, também passou a ter na cidade de Curitiba, optando por um programa desenvolvido na Faculdade dos Vicentinos, como também em União da Vitória, adotando o sistema de aulas em casa (ou em algum curso oferecido pelas escolas), mas ligado ao programa específico dessa etapa de Formação.

P2280249A partir de 2012, começou uma reflexão de unificar a etapa do Propedêutico apenas num local e, durante o ano fazer uma reflexão de como devem se configurar as etapas da formação na Província. Para essa etapa, atualmente, foi indicada a casa de Itapuã, em Salvador - Bahia.

E nessa primeira etapa denominada de Propedêutico, o candidato é convidado – a partir de um programa específico – a um tempo próprio para se encontrar consigo mesmo e com o desafio de dar uma resposta vocacional mais firme e consciente ao chamado de Deus. Feita essa experiência como propedeuta, o candidato é convidado a ingressar nos estudos específicos – Filosofia – para que possa ter os conhecimentos e o saber necessários para os passos subsequentes.

A realidade dos últimos anos em nossas Casas de Formação, com a unificação da etapa, não é mais como nos primeiros anos das Casas de Formação da Bahia, mas, de miscigenação quanto ao local e à cultura de onde vêm os candidatos. Atualmente, recebemos candidatos de quase todos os Estados do Brasil.

Venha você também fazer parte dessa história! Venha ter uma caminhada discernida sob a luz do Espírito Santo, onde se cultiva a alegria, a animação e a felicidade! Pois, quem aqui vive tem a certeza que vive “um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”, como diz Fernando Pessoa.




CASA DE FORMAÇÃO PROPEDÊUTICO

Rua da Ilha, 9B , Itapuã– Salvador - BA

CEP 41620-620

Tel: (071) 3014-5283




Veja as fotos:  

  










Última modificação em Sábado, 04 Janeiro 2014 09:26

Mais Lidas

Maria na história da Igreja

08 Mai 2017 Notícias Salette

Maria, Modelo da Igreja

08 Mai 2017 Notícias Salette

Maio, mês de Maria

08 Mai 2017 Notícias Salette

Nota de pesar

16 Mai 2017 Notícias Salette