Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017

3. A Reconciliação hoje

Publicado em FAMÍLIA SALETINA
Lido 280 vezes
Avalie este item
(0 votos)

 

          Nas palavras da mensagem, no fato de que Nossa Senhora chorou ao aparecer a dois pastores, encontramos o caminho para uma reflexão a ser feita pessoalmente e em conjunto. As lágrimas de Maria nos questiona: elas são o sinal de uma verdadeira compaixão, e da capacidade de consolar. No dizer do Pe. Marcel Schlewer, MS: "O que choca, antes de tudo, é a figura da Virgem. Ela é 'do céu', envolta na luz de Deus e, no entanto, chora". Maria desempenha, em La Salette, um papel ativo.

         Sua Missão é a de intercessão, carregada de sofrimento, e destinada a sustentar o "braço de seu Filho". Tudo isso dá um toque familiar e maternal à conversação, e manifesta a viva atenção "pedagógica" do jeito de Maria em vista da formação de seus "missionários". Eis, pois, a questão a que nos remete com urgência a Mensagem desta Aparição. O contexto da Aparição - as atitudes, as lágrimas, as palavras e gestos da Bela Senhora - manifestam a misericórdia do Senhor no rosto de Maria, Mãe de Jesus; e a ternura de Maria, Mãe compadecida de seu povo. Na Bela Senhora transparece a Mãe da Reconciliação, coração do fato de La Salette.

        O apelo à Reconciliação proclamado por Maria em La Salette, continua ecoando pelo mundo afora. Os Missionários de Nossa Senhora da Salette, assim obedecendo o pedido de Nossa Senhora: "Vamos, meus filhos, e transmitam isso a todo o meu povo" e o mandato de seu fundador, Dom Phelisbert: "Ser uma perpétua memória da misericordiosa Aparição de Maria", fazem esse eco acontecer.

        A Aparição de Maria Santíssima em La Salette fez desabrochar obras e instituições de santificação e zelo apostólico, cuja vitalidade emana desta mesma abençoada fonte. As lágrimas de Maria Santíssima, em La Salette, constituíram inspiração aos Missionários de Nossa Senhora da Salette, que se inspiram naquele espírito de reparação e expiação, ensinado em La Salette, por Maria.

       Os Saletinos, por meio da evangelização, caminho que leva as pessoas a se libertar das situações menos humanas, tornando melhor a sua vida: consigo mesmo, com aqueles que os rodeiam e com Deus, provocando uma mudança que nos impulsione a um constante crescimento, a uma constante conversão, estimulando-nos a uma verdadeira reconciliação. Os Saletinos se sentem ligados à Virgem de La Salette por Ela ser para nós um impulso (evento inspirador) que nos ajuda a levar ao povo a Cristo e Cristo ao povo. A Mensagem Saletina é de reconciliação do povo de Deus consigo e com seu Deus. A missão oficial de La Salette gira em torno da reconciliação. Nosso mandato funcional e fundacional é claro: "Ser uma perpétua recordação da misericordiosa aparição de Maria em Salette".

       Todos sabemos que para evangelizar é preciso, antes de qualquer coisa, ter encontrado Jesus. O Evangelho é a narrativa de uma sucessão de encontros com Jesus: Zaqueu, a samaritana, o cego de nascença, os discípulos... encontros que mudam por completo a vida das pessoas, tornando-as anunciadoras corajosas da Boa Notícia do Reino.

 

Texto escrito originalmente em 22.06.12

Continua...

Ir. Emerson Aguiar, MS.

 

 

 

 

Mais Lidas

Advento: Significado e origem

04 Dez 2017 Notícias Salette

O tempo do Advento

04 Dez 2017 Notícias Salette

A lição da humildade: Maria e José

05 Dez 2017 Notícias Salette

Mensagem de Natal - Portal Salette

18 Dez 2017 Notícias Salette